Em uma semana 160 morrem em confrontos no Paquistão

Confrontos entre tribos locais e militantes estrangeiros mataram 160 pessoas esta semana no noroeste do Paquistão, informa nesta sexta-feira, 23, fontes oficiais. Entre os mortos há 130 combatentes do Uzbequistão.O governador Ali Mohammed Jan Aurakzai disse que entre 25 a 30 paquistaneses morreram nos confrontos que tiveram início na segunda-feira no Waziristão do Sul e continuam nesta sexta-feira.Aurakzai nega as denúncias de que as Forças de Segurança do país estejam ajudando os moradores das tribos a expulsarem os militantes estrangeiros - possivelmente ligados a Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.