Em viagem ao Líbano, Kerry pede reconciliação com a Síria

O senador americano John Kerry em visita ao Líbano nesta segunda, fez um apelo às "ideologias extremistas" e pediu urgência em uma reconciliação política entre as facções rivais a fim de resolver a crise entre os países. Kerry e o senador Christopher Dood encontraram-se nesta segunda com um líder libanês contrário à Síria para discutir a crise um dia antes de visitar o país vizinho. Kerry, senador de Massachusetts e crítico da administração de Bush com relação à polícia iraquiana, chegou ao Líbano depois da visitar o Egito, Jordânia e Iraque. Dodd, um senador do estado americano de Connecticut considerado na corrida presidencial de 2008, também esteve no Iraque. É a terceira visita de Dodd desde o começo da guerra. Os dois visitam a Síria nesta terça para conversar com o presidente Bashar Assad. A Casa Branca critica a viagem dos senadores à Síria, considerando-a como "inapropriada", e afirmando também que é uma vitória do setor de relações públicas de Damasco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.