Em viagem pela Ásia, Obama deixa a Índia rumo à Indonésia

Presidente norte-americano assinou cerca de 20 acordos, que tem o valor estimado de US$ 10 bilhões

Efe

09 de novembro de 2010 | 03h48

 

NOVA DÉLHI - Após quatro dias na Índia, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, embarcou por volta das 9h do horário local (1h de Brasília) desta terça-feira, 9, em direção à Indonésia, a segunda escala de sua viagem pela Ásia.

O líder americano chegou no sábado à cidade indiana de Mumbai, onde ficou hospedado no hotel Taj Mahal, um dos cenários de um levante terrorista que deixou 166 mortos em novembro de 2008.

No domingo, o presidente americano chegou a Nova Délhi, onde na segunda-feira participou de uma rodada de contatos oficiais e discursou diante de uma sessão conjunta das duas Câmaras do Parlamento indiano.

Para a Índia, o ponto mais importante da viagem foi o apoio de Obama ao seu desejo de obter um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Obama, por sua vez, deixa o gigante asiático com um pré-acordo para a venda de dez aviões de transporte, além de ter assinado cerca de 20 acordos, a maioria entre empresas privadas, por um valor estimado de US$ 10 bilhões. Após a Indonésia, Obama seguirá para Coreia do Sul e Japão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.