AFP
AFP

Em vídeo, autores de ataque a igreja na França juram lealdade ao EI

Os dois extremistas juram lealdade a Abu Bakr al-Baghdadi

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2016 | 21h23

O grupo Estado Islâmico (EI) divulgou nesta quarta-feira um vídeo em que dois homens apresentados como os autores do ataque contra uma igreja no noroeste da França juram lealdade ao líder desta organização.

Este vídeo, divulgado pelo site de propaganda do EI, mostra dois jovens ao lado de uma bandeira do EI, um deles recitando em árabe, com um forte sotaque, o tradicional sermão de fidelidade ao "emir dos crentes" Abu Bakr al-Baghdadi.

Os dois homens, barbudos, se apresentam com seus nomes de guerra - Abu Omar e Abu Jalil al-Hanafi - e juram "obediência" ao chefe do EI de mãos dadas.

Dois extremistas degolaram na terça-feira um padre de 84 anos e feriram gravemente outra pessoa na igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, na Normandia, no noroeste da França.

O grupo extremista reivindicou no mesmo dia o ataque, afirmando que foi realizado por dois de seus "soldados".

Os autores do ataque "responderam assim aos apelos de atacar os países da coalizão" internacional que combate o EI no Iraque e na Síria, informou o site de propaganda do EI.

Um dos dois agressores foi reconhecido como Adel Kermiche, de 19 anos, que estava sob vigilância depois de duas tentativas frustradas de ir para a Síria no ano passado, disse o promotor antiterrorismo da França nesta quarta-feira.

O segundo permanece não identificado. A polícia matou a tiros os dois agressores quando eles saíam da igreja. / AFP e REUTERS

 

Tudo o que sabemos sobre:
Estado IslâmicoFrançaIraqueSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.