Em visita ao Iraque, Brown anuncia retirada das tropas

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, afirmou hoje que a missão de seu país no Iraque terminará no máximo em 31 de maio de 2009. As declarações foram dadas durante visita surpresa a Bagdá, quando Brown se reuniu com o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki. Os britânicos são a segunda maior força na coalizão internacional militar, atrás apenas dos Estados Unidos. Perto de 4 mil tropas da Grã-Bretanha estão no Iraque, a maioria no sul do país.O Ministério de Defesa britânico já havia afirmado que apenas algumas centenas de tropas do país permaneceriam no Iraque até junho, porém o cronograma exato dessa retirada ainda não está claro. Com a nova declaração, o primeiro-ministro dá a entender que a retirada deve ser total.Brown disse que trataria da retirada em conversa amanhã com os membros do Parlamento britânico. As declarações ocorrem após o governo iraquiano aprovar uma resolução, pedindo que todas as tropas que não sejam norte-americanas se retirem do país no mais tardar até o fim de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.