Em visita, Sarkozy reafirma apoio da França ao Afeganistão

Presidente chegou neste sábado ao país, em sua primeira visita, acompanhado de dois ministros

Efe

22 de dezembro de 2007 | 11h31

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, reafirmou neste sábado, 22,  ao seu colega afegão, Hamid Karzai, o "apoio político e militar a longo prazo" de seu país ao povo do Afeganistão, segundo um comunicado oficial divulgado após a reunião entre ambos em Cabul. Sarkozy chegou neste sábado  ao Afeganistão para uma breve visita, que coincidiu com a qual também faz ao país o primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd. Segundo o comunicado da Presidência afegã emitido após o encontro entre Karzai e Sarkozy, os dois presidentes concordaram que "a insegurança e o cultivo de drogas são desafios sérios para o Afeganistão" e que é preciso continuar lutando contra o terrorismo e o narcotráfico no país. Sarkozy viajou ao Afeganistão acompanhado de seus ministros da Defesa, Herve Morin, e de Assuntos Exteriores, Bernard Kouchner, e da secretária de Estado para os Direitos Humanos, Rama Yade. De acordo com a nota oficial, o presidente francês se reuniu com Karzai depois de visitar a tropas de seu país em Cabul. Ainda na tarde deste sábado, Karzai deverá conceder uma coletiva após seus encontros com Sarkozy e Rudd.

Tudo o que sabemos sobre:
SarkozyFrançaAfeganistãoapoio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.