Embaixada da França no Iêmen ficará fechada até 2ª feira

A França informou nesta quarta-feira sua embaixada no Iêmen permanecerá fechada, pelo menos, até segunda-feira (12), segundo um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores. A decisão foi tomada depois de o governo analisar a situação no país e discutir a questão com parceiros internacionais.

AE, Agência Estado

07 Agosto 2013 | 09h10

A França também tirará, temporariamente, os funcionários não-essenciais do Iêmen e manterá uma equipe "mínima" no país, disse o ministério. A França, normalmente, tem cerca de 30 autoridades na embaixada no Iêmen.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da França disse, no sábado, que o governo francês havia decidido fechar a embaixada no domingo e na segunda-feira devido a preocupações com segurança.

EUA e Reino Unido também fecharam suas embaixadas no Iêmen e retiraram parte de seus funcionários do país. As autoridades norte-americanas também pediram que seus cidadãos deixem o Iêmen imediatamente.

O fechamento das embaixadas ocorreu depois que o Departamento de Estado dos EUA emitiu um alerta sobre possíveis ataques relacionados a Al-Qaeda na região. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
françaterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.