Embaixada dos EUA alerta sobre possível ameaça

A embaixada norte-americana na Guiana alertou ter recebido a "informação de uma ameaça não confirmada" sobre voos da Caribbean Airlines da Guiana aos EUA na segunda-feira. A embaixada pediu aos norte-americanos que evitem utilizar a companhia.

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2014 | 01h25

A mensagem é incomum por ser muito específica sobre uma ameaça potencial, apesar de não ter fornecido mais detalhes. O alerta foi postado no domingo no site da embaixada.

O representante da Caribbean Airlines na Guiana, Carl Stuart, disse que a companhia tem elevado o nível de segurança ao envolver a polícia, o exército e outras agências. "Nós estamos nisso desde sexta-feira", disse à Associated Press, ao afirmar que os voos continuarão normalmente.

O aeroporto internacional Cheddi Jagan emitiu uma declaração dizendo que após ser informado da possível ameaça, o aeroporto e o Ministério de Obras Públicas marcaram uma reunião envolvendo agências de segurança para avaliar a situação. As autoridades "adotaram a postura mais elevada de segurança para proteger os passageiros, tripulação, aeronave e funcionários do aeroporto e para garantir a segurança das operações no aeroporto", informou o comunicado. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAGuianaameaça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.