Embaixada dos EUA confirma assassinato no Iêmen

Um diplomata da embaixada norte-americana no Iêmen confirmou o assassinato de funcionários de uma companhia petrolífera na província de Marib, a 160 quilômetros ao norte da capital do país, Sanaa. Segundo o diplomata, um norte-americano e um canadense foram mortos a tiros, enquanto um terceiro trabalhador canadense ficou ferido. O diplomata informou ainda que as autoridades de segurança norte-americana estão em contato com o Ministério do Interior do Iêmen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.