Embaixada dos EUA em Bogotá ficará de portas fechadas

Autoridades militares e policiais disseram desconhecer as razões pelas quais o governo dos EUA decidiu deixar fechada temporariamente, até 26 de dezembro, sua embaixada em Bogotá. A embaixada informou que, por razões de "segurança", suspendeu suas atividades na capital colombiana. Não deu detalhes sobre os fatos que provocaram tal determinação. A embaixada está localizada perto do edifício da Procuradoria Geral, onde há três semanas explodiram três granadas de morteiro, disparadas a partir dos prédios da Universidade Nacional da Colômbia. Nem a polícia nem o Exército deram detalhes sobre problemas de segurança ao redor da embaixada americana que, segundo o comunicado, só atenderá, nesses dias, casos de emergência de cidadãos de seu país.

Agencia Estado,

19 Dezembro 2002 | 15h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.