Embaixada dos EUA na Ásia recebe ameaça de ataque

A embaixada norte-americana em Pequim informou hoje que um grupo islâmico separatista com presença na China teria planejado ataques às representações diplomáticas no Quirguistão.Na última segunda-feira, o vice-secretário de Estado norte-americano, Richard Armitage, advertiu, durante visita a Pequim, que o Movimento Islâmico do Turquestão Oriental (ETIM) foi incluído pela Casa Branca na lista das organizações terroristas.O governo chinês afirmou que dezenas de membros do ETIM, depois de terem sido treinados no Afeganistão durante o regime do Taleban, ingressaram no noroeste da região de Xinjiang, onde grupos muçulmanos lutam pela independência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.