Embaixada dos EUA no Camboja é reaberta

A Embaixada norte-americana no Camboja reabriu suas portas nesta quinta-feira, após ter ficado fechada por duas semanas como medida de segurança preventiva, em razão do aniversário de um ano dos atentados terroristas de 11 de setembro nos EUA. O responsável pelas relações norte-americanas no Camboja, Alexander Arvizu, afirmou que algumas medidas para melhorar a segurança foram adotadas, o que permitiu a reabertura das atividades da Embaixada.O único departamento que não voltou a funcionar foi o de concessão de vistos, que só deve retomar seus serviços na segunda-feira. A Embaixada norte-americana no Camboja está em uma área densamente povoada. O governo dos EUA paga aluguel do edifício e de outros prédios vazios na área, por serem uma ameaça à segurança da representação diplomática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.