Embaixada ocidentais no Paquistão recebem ameaças

Várias embaixadas ocidentais em Islamabad receberam nesta quarta-feira cartas contendo um pó suspeito e ameaças de envenenamento de soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão, informaram autoridades paquistanesas.

AE, Agência Estado

16 de maio de 2012 | 13h47

O chefe de polícia de Islamabad, Bani Amin, disse que as embaixadas receberam pequenos pacotes contendo um pó preto, que foi enviado para análise laboratorial.

As cartas dizem que "veneno" pode ser escondido nos suprimentos para Otan, caso o Paquistão decida interromper o bloqueio da rota de suprimentos para tropas da Otan, que lutam contra o Taleban no vizinho Afeganistão.

Autoridades de segurança paquistanesas disseram que a embaixada francesa, Australian e que Altos-Comissariados britânicos receberam os pacotes suspeitos.

"As embaixadas receberam um sachê de pó cada. O problema é que é uma quantidade muito pequena e é difícil até testá-la. Parece que alguém cometeu alguma travessura. Estamos enviando o material para laboratório", disse Amin. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoameaçaembaixadasIslamabad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.