Embaixador britânico no Iêmen sofre atentado

Uma explosão ocorrida nesta segunda-feira próximo ao carro blindado do embaixador britânico no Iêmen, Timothy Torlt, que seguia para o trabalho, matou uma pessoa. O embaixador, porém, saiu ileso, segundo o porta-voz da embaixada, Chantel Mortimer.

AE-AP, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 04h58

A pessoa morta não pertencia à equipe do embaixador. Torlt estava a caminho da embaixada na capital do Iêmen, Sanaa, no momento da explosão, a qual provavelmente foi causada por um homem-bomba.

O veículo oficial passava por uma região pobre da cidade, na região oriental da capital quando houve a explosão. Após o atentado, a embaixada permanece fechada ao público e autoridades estrangeiras trabalham ao lado da polícia do Iêmen nas investigações.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmenatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.