Embaixador chileno na ONU renuncia

O embaixador do Chile nas Nações Unidas em Genebra, Juan Enrique Vega, foi obrigado a renunciar a seu cargo hoje depois de ter desobedecido uma ordem do presidente Ricardo Lagos em uma votação sobre o Iraque.A chanceler chilena, Soledad Alvear, disse, depois de se reunir com Vega, que Lagos aceitou de imediato a renúncia do diplomata.Vega chegou hoje a Santiago, para onde foi chamado a explicar sua insólita decisão de se abster no lugar de votar contra uma proposta para que a Comissão de Direitos Humanos realizasse umareunião especial sobre o Iraque.Alvear disse que Vega havia recebido instruções precisas para votar contra, e versões de imprensa indicam que o Chile havia dado certeza aos Estados Unidos de que se oporia à reunião.Alvear não deu detalhes sobre os argumentos apresentados pelo embaixador, mas pareceu evidente que a decisão de Vega deixar ocargo havia sido tomada de antemão. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.