Embaixador do Iraque na ONU critica Kofi Annan

O embaixador iraquiano nas Nações Unidas, Mohammed Aldouri, acusou o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, de ajudar os Estados Unidos a tomar o controle das reservas de petróleo de seu país. Segundo Aldouri, Annan violou a Carta das Nações Unidas ao retirar os inspetores internacionais de armas do Iraque e propor métodos alternativos para a chegada de ajuda humanitária ao país.O diplomata iraquiano acredita que a remoção dos inspetores ?deixou a porta aberta para a invasão?. Aldouri denunciou que Annan, com sua atitude, entregou as riquezas do Iraque às ?máfias americanas?. ?A ONU fracassou em sua missão de manter a paz coletiva?, disse.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.