Embaixador iraniano na ONU cancela visita a Washington

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Hamid Reza Asefi, informou nesta segunda-feira que "o comportamento autoritário dos Estados Unidos" levou o embaixador iraniano na Organização das Nações Unidas (ONU), Mohammad Javad Zarif, a cancelar uma visita aWashington.Asefi explicou que Zarif foi convidado para discursar no Instituto para o Oriente Médio, em Washington, mas cancelou o compromisso quando percebeu que as autoridades norte-americanas tentavam cancelar a sessão de perguntas e respostas que deveria ocorrer após o discurso.Em entrevista coletiva, Asefi também protestou contra o tratamento dispensado pelas autoridades norte-americanas ao jornalista Hossein Dehbashi quando chegou ao aeroporto de Washington.O jornalista denunciou que, apesar de possuir visto de entrada e um convite de Universidade de Princeton, os agentes norte-americanos o fotografaram, colheram suas impressões digitais e interrogaram-no durante 10 horas para em seguida o embarcarem algemado e imobilizado num avião rumo a Londres. Esse comportamento, segundo a chancelaria iraniana, "contradiz as mais elementares normas civis internacionais".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.