Embaixador iraniano na ONU rebate discurso de Netanyahu

'Diferente de Israel, o Irã não atacou e não atacaria qualquer país', afirmou Khazaee

O Estado de S. Paulo,

01 de outubro de 2013 | 16h17

NAÇÕES UNIDAS - O embaixador do Irã na ONU, Mohammad Khazaee, rebateu nesta terça-feira, 1, na Assembleia-Geral da ONU, o discurso do primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, que afirmou que a intenção de Teerã com o programa nuclear não é pacífica.

"Diferente de Israel, o Irã não atacou e não atacaria qualquer país", disse Khazaee se referindo à fala de Netanyahu de que se necessário, Israel agiria sozinho para impedir que Teerã desenvolva armas nucleares.

Exercendo o direito de réplica após o discurso do premiê israelense, o embaixador iraniano afirmou que seu país rejeita o uso da força "não devido à sua incapacidade, mas devido aos seus princípios políticos."

Durante seu discurso, Netanyahu disse não acreditar nas palavras do presidente iraniano, Hassan Rohani, e cobrou ações do governo iraniano que demonstrem a intenção de ter um programa nuclear apenas para fins pacíficos. "Eles prosseguem com um propósito: ter armas nucleares. O Irã não está construindo um programa nuclear pacífico, está desenvolvendo armas nucleares", afirmou o premiê./ REUTERS

 
Tudo o que sabemos sobre:
IsraelIrãprograma nuclearONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.