Embaixador no Brasil condena ataques a jornalistas

Em resposta à reportagem publicada ontem sobre a agressão de jornalistas tanto de meios estatais quanto privados da Venezuela durante a campanha eleitoral no país, o embaixador venezuelano no Brasil, Maximilien Arvelaiz, ressaltou ontem que seu governo repudia tais ações.

O Estado de S.Paulo

18 Maio 2012 | 03h01

"Esclarecemos que o governo da Venezuela condena todo tipo de ataque contra jornalistas no exercício de sua função. Também gostaríamos de informar que, na Venezuela, existem plena liberdade e pluralidade de informação", manifestou-se Arvelaiz, em carta enviada ao Estado.

Nas últimas semanas, entidades representantes de jornalistas, como o Instituto Prensa y Libertad e o Serviço Nacional de Meios Públicos, denunciaram a intensificação das agressões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.