Embaixador no Peru é chamado de volta

O governo chileno chamou de volta ontem seu embaixador no Peru, Cristián Barros, após o governo peruano publicar no diário oficial um mapa onde incorpora ao seu território uma área marítima reivindicada por Santiago. O Chile afirma que os limites marítimos entre os dois países foram estabelecidos em acordos dos anos 50. Mas o governo de Lima alega que os acordos são referentes apenas à pesca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.