Embaixadora dos EUA pede desculpa a deputados brasileiros

A embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Donna Hrinak, telefonou esta tarde para alguns deputados brasileiros pedindo desculpas pelo incidente ocorrido hoje na porta da embaixada em Brasília. Segundo a deputada Maria José Maninha (PT-DF), a embaixadora solicitou aos parlamentares que retornassem à embaixada. "Eu disse à embaixadora que nós consideramos o que aconteceu um desrespeito ao parlamento brasileiro e expliquei que era impossível retornarmos porque não haveria tempo para mobilizar as pessoas", disse a deputada.Alguns deputados tentaram entregar a Hrinak, na hora do almoço, um documento em repúdio à guerra, assinado pelo presidente da Câmara e por parlamentares de 12 partidos. Maninha disse ter convidado a embaixadora para participar de uma audiência na próxima semana na Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Hrinak respondeu que estaria viajando mas que no dia 4 de abril participará de uma audiência no Senado.Maninha irá solicitar à Comissão de Relações Exteriores que seja enviada uma notificação do fato ao Congresso Nacional norte-americano, à embaixada dos Estados Unidos e ao Itamaraty. Hrinak teria justificado aos deputados que os seguranças da embaixada informaram que representantes de entidades estudantis, que realizavam uma manifestação no mesmo momento, acompanhariam os deputados na audiência. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.