Embalsamamento de Chávez teria se tornado impossível

Dias depois de anunciar que Hugo Chávez seria embalsamado e exposto ao público, a exemplo do que foi feito com líderes comunistas como Vladimir Lenin e Mao Tsé-tung, Nicolás Maduro voltou atrás. A razão é que o processo levou tempo demais para começar. Chávez morreu no dia 5 e o caixão deve ser fechado hoje e levado provisoriamente a um museu em honra de sua revolução bolivariana.

O Estado de S.Paulo

15 de março de 2013 | 02h04

Alguns veículos de comunicação especulam que ele pode ser levado depois a sua cidade natal, Sabaneta de Barinas, e sepultado ao lado do túmulo da avó.

Na terça-feira, a Assembleia Nacional adiou uma votação para decidir se convoca ou não um referendo que permita que o presidente seja enterrado no Panteão dos Heróis da Venezuela, ao lado do libertador Simón Bolívar e outras figuras históricas. A atual lei prevê que isso só poderia ocorrer daqui a 25 anos. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.