Embarcação naufraga e 13 refugiados morrem na costa da Turquia

Serviços de resgate ainda procuram por desaparecidos no acidente

EFE

20 Setembro 2015 | 18h31

Um bote inflável com refugiados sírios naufragou após bater em um barco de passageiros turco no mar Egeu, causando 13 mortes e deixando 13 desaparecidos.

Os refugiados partiram da cidade turca de Ayvacik em direção a ilha grega de Lesbos quando um ferry turco bateu no bote, em que viajavam 46 pessoas, informou a agência de notícias Dogan.

Os serviços de resgate turcos, apoiados por um helicóptero da agência europeia Frontex, resgataram 20 pessoas com vida e 13 corpos, enquanto outras 13 pessoas continuam desaparecidas. Várias embarcações da guarda litorânea turca, apoiadas por dois helicópteros, buscam os desaparecidos.

O jornal Milliyet informou, citando as forças de segurança, que seis dos mortos são crianças.

Este é o segundo naufrágio neste domingo de uma embarcação com refugiados nas águas do Egeu. De manhã, 26 pessoas em frente a ilha de Lesbos. A guarda litorânea grega conseguiu resgatar os outros 20 refugiados.

Mais conteúdo sobre:
ImigraçãoTurquianaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.