Reprodução/Google Street View
Reprodução/Google Street View

Barco de pesca naufraga em Honduras e deixa ao menos 27 mortos

Incidente ocorreu na costa da isolada região de La Mosquitia. 55 pescadores foram resgatados com vida

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2019 | 03h02

TEGUCIGALPA - Ao menos 27 pessoas morreram e nove desapareceram nesta quarta-feira, 3, no naufrágio de um barco de pesca no Caribe hondurenho. O incidente ocorreu diante da costa da isolada região de La Mosquitia, no departamento de Gracias a Dios, de acordo com o porta-voz das Forças Armadas, comandante José Meza.

Segundo Meza, 55 pescadores foram resgatados com vida e 27 corpos foram levados para Puerto Lempira, que fica no mesmo departamento. Horas antes do naufrágio, 40 pessoas foram resgatadas de outro barco de pesca que afundou, destacou o comandante, afirmando que a Força Naval do país participa das buscas por sobreviventes, assim como a Força Aérea.

Meza não informou quais eram as condições do tempo na região onde ocorreu o naufrágio. A temporada de furacões no Caribe começou em 1º de junho e terminará em 30 de novembro.

O diretor de Marinha Mercante, Juan Carlos Rivera, disse ao canal de televisão HCH que os detalhes são poucos devido ao isolamento da região, e que uma comissão de especialistas já começou a investigar o naufrágio. Rivera acrescentou que em várias ocasiões suspendeu permissões de navegação para proprietários que sobrecarregam barcos de pesca.

Segundo a imprensa local, o capitão do barco, Austin Hyalock Almendares, deu o alerta de naufrágio antes de morrer. / AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.