Quinta Frota/AP
Quinta Frota/AP

Embarcação russa quase se choca com navio de guerra americano

Pentágono acusa Exército russo de ações agressivas no Mar Arábico depois que um de seus navios quase se chocou com uma embarcação da Marinha dos Estados Unidos

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2020 | 16h21

WASHINGTON - O Pentágono acusou nesta sexta-feira, 10, o Exército russo de ações agressivas no Mar Arábico depois que um de seus navios quase se chocou com uma embarcação da Marinha dos Estados Unidos

O barco russo ignorou as advertência sonoras de colisão do USS Farragut e se aproximou muito antes de se afastar, evitando por pouco uma colisão, disse a Quinta Frota da Marinha americana, que revelou um vídeo do incidente.  

"Enquanto o barco russo tomou medidas, a demora inicial para cumprir as normas internacionais, fazia uma aproximação agressiva que aumentou o risco de colisão", disse a frota em um comunicado.

O vídeo mostra que o barco russo se aproxima rapidamente da popa do navio de guerra americano de 155 metros. Também mostra que ignorou cinco buzinas curtas emitidas pelo Farragut - o sinal marítimo internacional de risco de colisão. 

"O barco russo inicialmente se negou, mas por fim mudou de rumo e os dois barcos abriram distância um do outro", disse o comunicado dos Estados Unidos. / AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.