Emboscada a ônibus público nas Filipinas fere 12

Cilada aconteceu no sul do país, segundo o exército, os agressores não eram terroristas muçulmanos

Efe,

17 de janeiro de 2010 | 06h47

Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas depois que um grupo de pistoleiros fez uma emboscada a um ônibus de transporte público no sul das Filipinas, informaram neste domingo, 17, fontes militares.

  

A cilada aconteceu ontem na noite de sábado perto da localidade de Pagadian na província de Zamboanga do Sul, onde o veículo, que seguia sua rota habitual, foi atacado por vários homens armados com rifles automáticos.

  

Os agressores eram delinquentes comuns e não terroristas muçulmanos, segundo o general Mohammed ben Dolorfino, chefe do comando de Mindanao Ocidental do Exército filipino.

  

O sul da ilha de Mindanao é uma das regiões mais perigosas da Ásia por causa da proliferação de armas, assassinatos por encomenda e sequestros realizados tanto por rebeldes islâmcos e comunistas como por grupos de delinquentes.

Tudo o que sabemos sobre:
EmboscadaônibusFilipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.