Emboscada das FARC mata cinco militares colombianos

Cinco militares colombianos morreram e 17 ficaram feridos na noite desta quarta-feira em uma emboscada armada por guerrilheiros das FARC e do ELN próximo da fronteira com a Venezuela. O secretário de governo do Norte de Santander , Jorge Silva, informou que vários combates aconteceram nesta região e que não há números precisos de mortos e feridos.As Força Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e o Exército de Libertação Nacional (ELN), que já negociaram um cessar-fogo com o governo, são os principais grupos rebeldes do país com aproximadamente 17 mil e 4 mil homens respectivamente. Desde a ruptura do processo de paz com o presidente Andrés Pastrana, em 20 de fevereiro, as FARC retomaram os ataques. A guerra de 37 anos de guerrilhas contra o governo e o exército paramilitar de direita, mata em torno de 3,500 pessoas por ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.