Emboscada deixa 12 militares colombianos mortos

Onze fuzileiros navais e um suboficial morreram e oito outros ficaram feridos durante uma emboscada de guerrilheiros a um comboio de caminhões no norte do país, informa a Marinha. Cinco rebeldes também morreram, e um foi capturado. O primeiro veículo do comboio, no qual viajavam os militares, foi atacado com explosivos e rajadas de fuzil pelas Farc, segundo o coronel Germán Ussa, comandante da Primeira Brigada de Fuzileiros.O ataque ocorreu entre as cidades de Zambrano e Carmen de Bolívar, 560 km ao norte de Bogotá. A escolta militar protegia caminhões e ônibus, como parte de uma operação para devolver segurança às estradas, segundo o oficial. Nesta região, as guerrilhas são presença constante e costumam realizar bloqueios nas estradas e seqüestrar caminhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.