Emboscada mata dois soldados peruanos

Dois soldados foram mortos e cinco ficaram feridos em uma emboscada feita com artefatos explosivos por integrantes do Sendero Luminoso, informou hoje o Comando Conjunto das Forças Armadas do Peru. Em comunicado, os militares afirmaram que o ataque feito com minas terrestres aconteceu na tarde de ontem em uma região inóspita vizinha ao distrito selvático de San Martín de Pangoa, na região dos vales dos rios Apurímac e Ene, 276 quilômetros ao sudeste de Lima.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 19h21

Em 2008, o governo peruano iniciou um plano de desarticulação dos bandos remanescentes do Sendero que ainda subsistem na selva, financiados pelo narcotráfico. Desde então, cerca de 50 soldados e policiais foram mortos em combates e emboscadas feitas pelos insurgentes. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
emboscadamortesoldadosPeru

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.