Emboscadas rebeldes deixam 34 mortos no Nepal

Rebeldes comunistas emboscaram duas patrulhas do exército no oeste do Nepal, provocando tiroteios que deixaram pelo menos 34 mortos, incluindo cinco civis, informam as autoridades. Guerrilheiros atacaram uma patrulha perto da vila de Madhuradanda, 300 km a oeste de Katmandu, matando dois soldados. Helicópteros foram despachados para auxiliar as tropas e encontraram os corpos de 22 guerrilheiros. Cinco outros soldados foram mortos numa emboscada num restaurante em Chisapani, 600 km a oeste da capital. Pelo menos cinco civis, incluindo um jovem de 13 anos, foram atingidos no fogo cruzado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.