Embraer vence licitação da Força Aérea dos EUA

Empresa brasileira fará 20 Supertucanos, que posteriormente serão doados para o Afeganistão

Denise Chrispim, Correspondente

27 de fevereiro de 2013 | 20h24

WASHINGTON - A Embraer venceu nesta quarta uma licitação da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) para a compra de 20 aviões de combate leve. Os Supertucanos deverão ser fabricados em uma planta da companhia brasileira na Flórida. Uma vez entregues, serão doados pelo governo americano para a Força Aérea do Afeganistão.

A Embraer fora anunciada vitoriosa em licitação anterior da USAF no final de dezembro, depois da desqualificacão da companhia americana Hawker Beencraft por não ter cumprido requisitos. A Hawker competia com os aviões AT-6, produzidos em sua planta em Wichita (Kansas).

Em 28 de fevereiro passado, entretanto, a Força Aérea anunciou o cancelamento do processo de compra, sob o argumento de ter havido problemas com a documentacão. Uma investigacão foi aberta para apurar o erro e nova licitação foi iniciada. A Hawker novamente perdeu a competição.

Tudo o que sabemos sobre:
EmbraerSupertucanosEUAlicitação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.