Emirados Árabes pagarão dívidas de 6.830 cidadãos

O governo dos Emirados Árabes Unidos concordou em gastar US$ 545 milhões para enxugar as dívidas de milhares de cidadãos dos Emirados. A agência de notícias estatal WAM informou nesta quarta-feira que cerca de 2 bilhões de dirhams (unidade monetária básica usada em países árabes) vão cobrir as dívidas de 6.830 cidadãos que devem aos credores até 1 milhão de dirhams (US$ 272.480) cada um.

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2012 | 12h37

Alguns dos mutuários foram presos pelo não pagamento, e eles serão soltos assim que as dívidas sejam abatidas. Aqueles que ainda estão empregados terão seus salários reduzidos em um quarto. Os líderes dos Emirados Árabes Unidos periodicamente cancelam as dívidas dos cidadãos.

A nação rica em petróleo criou em novembro um fundo de US$ 2,7 bilhões destinado a fornecer assistência a empréstimos para cidadãos de baixa renda. Isso ocorreu em meio a uma série de vantagens implementadas na esteira dos levantes da Primavera Árabe. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.