Emissoras de rádio sofrem atentado na Colômbia

As emissoras Radio Reloj e Caracol, em Cúcuta, a principal cidade colombiana na fronteira com a Venezuela, foram alvo de ataques com explosivos na noite de segunda-feira. Os atentados deixaram danos materiais, mas não vítimas. Horas antes, dois deputados e um jornalista haviam ficado feridos em um atentado a bala contra um grupo de políticos de Florencia, a capital do departamento (Estado) de Caquetá, cerca de 380 km a sudoeste de Bogotá. A emissora Caracol já voltou ao ar, operando com equipamentos de emergência, enquanto técnicos reparavam os transmissores da Radio Reloj. O comandante da polícia local, coronel Edgardo Orlando Vales, ao examinar o local dos atentados disse que seus autores ainda não foram identificados. Trata-se do terceiro ataque a meios de comunicação ocorrido em Cúcuta, em menos de um mês.

Agencia Estado,

10 Dezembro 2002 | 17h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.