Empregados dos Correios nos EUA devem tomar antibiótico

As autoridades de saúde dos Estados Unidos aconselharam milhares de empregados dos serviços postais de Washington a tomarem antibiótico, pois outra carta contaminada com antraz poderia ser encontrada a qualquer momento. O secretário da Casa Branca, Andrew Card, disse que "podem haver outras cartas perdidas no sistema". "Nosso serviço postal e o FBI trabalham arduamente para tentar averiguar tudo o que seja possível. E estamos pedindo às pessoas para que sejam muito cuidadosas", afirmou Card à rede de televisão Fox. O sub-chefe do Serviço Geral dos Correios, John M. Nolan, disse, por sua vez, que os investigadores têm "muitas suposições sobre mais cartas, mas que não há evidência de novos casos de antraz em nenhuma parte" do sistema postal". O serviço postal anunciou hoje a assinatura de um contrato de US$ 40 milhões para a compra de oito dispositivos para esterilizar cartas e pacotes. Os equipamentos serão utilizados primeiro na capital e depois serão levados para outras partes do país. Também hoje, o médico Anthony Fauci, dos Institutos Nacionais de Saúde, assinalou que agora o antibiótico doxycyclina está sendo recomendado a pessoas que estiveram expostas ao antraz, no lugar do Cipro, que pode apresentar efeitos secundários.

Agencia Estado,

28 Outubro 2001 | 15h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.