Empresa israelense interrompe fornecimento de gasolina à ANP

A empresa israelense que fornece combustível aos territórios sob jurisdição da Autoridade Nacional Palestina (ANP) interrompeu seus serviços até segunda ordem devido a uma dívida de US$ 10 milhões.A concessionária que abastece a ANP, Dor Energia, suspendeu o fornecimento porque há contas pendentes dos últimos meses, informou a rádio pública israelense.Segundo a emissora, na Cisjordânia e em Gaza há combustível suficiente para mais quatro dias, razão pela qual a ANP está pressionando a empresa israelense para que retome o abastecimento.Em Nablus, Belém e Kalkilia, alguns postos de gasolina já estão sem combustível.As dívidas da ANP com o fornecedor israelense se devem à interrupção da ajuda internacional aos palestinos depois da chegada ao poder do movimento islâmico Hamas, em março, como resultado de sua vitória nas eleições de janeiro.O Quarteto de Madri - Estados Unidos, Rússia, União Européia e ONU - decidiu na última terça-feira, em reunião em Nova York, criar um mecanismo temporário para transferir ajuda econômica aos mais de 160 mil funcionários palestinos que não recebem seus salários há dois meses.Esse mecanismo permitirá a transferência direta dos salários aos funcionários, sem que o dinheiro passe pelas mãos do governo dirigido pelo Hamas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.