Empresa japonesa instala medidor de sorriso para funcionários

Companhia ferroviária quer melhorar sua imagem; aparelho avalia movimento nos cantos dos olhos e lábios

AP,

18 de maio de 2009 | 13h06

Em um esforço para melhorar sua imagem, a West Japan Railway está instruindo seus funcionários nas  estações a melhorarem suas boas-vindas aos viajantes com a ajuda de um medidor de sorrisos.

 

O aparelho "Smile Scan", produzido pela Omron, utiliza uma câmera que escanea o rosto do funcionário para, em seguida, mostrar a imagem e avaliar quanto movimento pode ser visto nos cantos dos olhos e lábios.

 

A máquina, que custa 300 mil ienes (cerca de US$ 300 mil), dá uma nota de 0 a 100 para cada sorriso, após compará-lo com mais de um milhão de rostos arquivados na memória. O "Smile Scan" funciona desde março nas estações de Osaka e Kyobashi.

 

"Alguns clientes se sentem incomodados se eu dou um sorriso efusivo demais. Às vezes um sorriso de 70% é mais apropriado", disse Mayumi Matsubara, uma funcionária de 30 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.