Empresário do lixo ligado à Camorra é preso na Itália

A polícia italiana informou que deteve hoje um grande empresário do ramo da coleta e reciclagem do lixo, Ludovico Ucciero, o qual supostamente possui ligações com a Camorra, a máfia napolitana. Ucciero, de 65 anos e dono de quatro empresas de coleta e reciclagem de lixo, foi apelidado de "empresário de Gomorra", por supostamente ter ajudado o clã dos Casalesi, descrito pelo jornalista Roberto Saviano no livro "Gomorra", a ter enriquecido com o controle da coleta e incineração do lixo na região de Nápoles e Caserta. Nápoles vive uma grave e persistente crise do lixo.

AE, Agência Estado

08 de junho de 2011 | 17h07

O capitão Piero Rajola Pescarini, dos carabinieri (polícia), afirmou que a corporação também apreendeu 50 milhões de euros (US$ 75 milhões) em ativos sob poder de Ucciero. Além de 20 contas correntes com o dinheiro, os carabinieri apreenderam 65 automóveis sob poder de Ucciero.

Os investigadores afirmam que Ucciero trabalha próximo ao clã dos Casalesi, um dos mais ferozes da máfia napolitana. Pescarini disse que alguns detidos que trabalhavam para os Casalesi e depois se arrependeram ajudaram a revelar as supostas ligações do empresário com os camorristas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.