Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Empresário jordaniano é seqüestrado no Iraque

Um empresário jordaniano foi raptado em Bagdá e seus seqüestradores exigem o pagamento de US$ 250.000 a título de resgate, informa a agência de notícias Petra, ligada ao governo da Jordânia. Jamal Sadeq al-Salaymeh foi seqüestrado na segunda-feira em sua casa em Al-Saydiyah, um bairro residencial a poucos quilômetros do centro de Bagdá, por três homens que o levaram a bordo de um carro branco.A Petra informou que Al-Salaymeh, que trabalha como representante de uma empresa japonesa em Bagdá, disse a seu chefe durante uma ligação telefônica que seus seqüestradores exigem pagamento de resgate de US$ 250.000. Um funcionário da Embaixada da Jordânia em Bagdá disse, sob condição de anonimato, que a representação diplomática foi notificada do seqüestro de um cidadão jordaniano na capital iraquiana. Segundo a fonte, não houve mais nenhum contato e não há mais informações disponíveis.Enquanto isso, um empresário libanês seqüestrado há dez dias foi libertado hoje em Bagdá. Numa entrevista à emissora de televisão Al-Arabiya logo depois de sua libertação, Antoine Antoun disse que foi mantido vendado em uma sala por um grupo chamado Exército Islâmico Iraquiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.