Empresário libanês é libertado no Iraque

Vladimir Damaa, um dos dois empresários libaneses seqüestrados sábado no Iraque, foi libertado neste domingo, anunciou a chancelaria libanesa, sem dar informações sobre o outro refém. Damaa havia sido capturado por homens armados em uma construção. Ele e o irmão vendem prédios pré-fabricados para as forças norte-americanas no Iraque. O outro libanês, Antoine Antoun, que dirige uma leiteria, foi seqüestrado numa estrada de Bagdá.Em outro impasse sobre reféns, uma companhia kuwaitiana e um mediador iraquiano desmentiram hoje informações divulgadas pela diplomacia do Quênia de que os sete caminhoneiros estrangeiros - três indianos, três quenianos e um egípcio - tinham sido libertados. "Eles não foram soltos, senão seríamos os primeiros a saber", disse um porta-voz da companhia Kuwait and Gulf Link, para quem os caminhoneiros trabalham.As companhias turcas para as quais dois caminhoneiros turcos seqüestrados no sábado trabalham manifestaram hoje a disposição de sair do Iraque para salvar a vida dos reféns. Em um vídeo divulgado pela TV Al-Jazira, um grupo ligado ao jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, suposto líder da Al-Qaeda no Iraque, ameaçou matar os reféns turcos em 48 horas se as companhias para as quais trabalham não saírem do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.