Empresas privadas na China passam de 40,6 milhões

O número de negócios com um único dono e empresas privadas na China excedeu os 40,6 milhões no final de janeiro, gerando cerca de 80 milhões de empregos e 2 trilhões de yuan (US$ 321 bilhões) na capital, segundo informou neste domingo a agência de notícias estatal Xinhua.

EQUIPE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h30

Desse total, 90% dos negócios com único dono são do setor de serviços, 8% na indústria secundária e 2% na indústria primária. Metade dos negócios está na região leste e 20%, nas áreas no oeste do país.

A China possuía apenas 140 mil desses negócios privados em 1978, mas o número saltou para 31,6 milhões em 1999. Houve um decréscimo, porém, para 23,5 milhões em 2004 e desde então o surgimento dessas empresas voltou a crescer rapidamente. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.