Enchentes afetam mais de 22 mil famílias na Bolívia

As enchentes que acontecem em pelo menos três dos nove departamentos da Bolívia deixaram oito mortos, dois desaparecidos e afetaram a mais de 22 mil famílias, desde que começou a atual temporada de chuvas em novembro, informaram as autoridades nesta terça-feira.

AE-AP, Agencia Estado

26 de janeiro de 2010 | 21h18

O diretor de emergências do ministério da Defesa, o coronel Rafael Ulria, disse "investigamos as mortes de três jovens no departamento de Santa Cruz, atribuídas às enchentes".

O vice-ministro da Defesa Civil, Hernán Tuco, disse que até o momento "foram afetadas 22.614 famílias pelas inundações, principalmente nos departamentos de Santa Cruz, Cochabamba e Trinidad", no centro e leste da Bolívia.

Segundo ele, nos últimos dias as intensas chuvas provocaram uma subida na vazão de vários rios nos três departamentos.

Tudo o que sabemos sobre:
BolíviaEnchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.