Enchentes ameaçam Estado mexicano de Tabasco

A Defesa Civil do México retirou hoje mais de 7 mil pessoas das margens dos rios e se prepara para abrir canais alternativos para escoar as águas do rio Grijalva, que está inundando uma ampla área no Estado de Tabasco, no sul do país.

AE-AP, Agência Estado

29 de agosto de 2010 | 17h21

Após três semanas de chuvas intensas, pelo menos 6 rios transbordaram, inundando parcialmente cerca de 200 povoados na região. O governo federal mexicano declarou estado de emergência em 12 povoados de Tabasco e disse que canais começarão a ser cavados hoje, para evitar inundações na capital do Estado, Villahermosa, que sofreu uma forte enchente, em 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
enchentesameaçaTabascoMéxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.