Enchentes matam 15 pessoas no Afeganistão

Enchentes ocorridas em uma remota província do noroeste do Afeganistão provocaram a morte de pelo menos 15 pessoas, informaram autoridades locais nesta sexta-feira. Além das 15 pessoas mortas, dezenas estão desaparecidas e milhares ficaram ilhadas em Balamurghab e Ghormach, distritos da província afegã de Badghis. O comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em Cabul prometeu enviar ajuda humanitária à região, disse o major Luke Knittig, porta-voz da aliança. Fortes chuvas começaram a atingir a região na quinta-feira, inundando diversas aldeias isoladas cercadas pelas montanhas, disse Mirza Ahmad, um funcionário do governo local. Equipes de resgate enviadas à região encontraram dez corpos em quatro aldeias de Balamurghab e mais cinco em Ghormach, disse Ahmad. As residências de pelo menos mil pessoas foram destruídas pelas inundações. O governador de Badghis, Mohammed Nasim Tukhi, comentou que cerca de 50.000 pessoas vivem nas áreas afetadas e teme-se que muitas delas estejam ilhadas. Ainda segundo ele, as chuvas e as inundações deixaram de 60 a 70 pessoas desaparecidas.

Agencia Estado,

17 Novembro 2006 | 10h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.