Enchentes matam 20 na Indonésia; 52 estão desaparecidos

Imprensa local afirma que mortos podem chegar a 32; 8 mil pessoas estão desabrigadas

Efe,

24 Julho 2007 | 04h38

Inundações e enchentes na região indonésia de Morowali, nas Ilhas Célebes, provocaram a morte de 20 pessoas, o desaparecimento de 52 e o deslocamento de 8 mil de suas casas, informaram fontes oficiais nesta terça-feira, 24.   De acordo com o porta-voz do Serviço Nacional de Emergências (Bakornas), Efe Girin, "mais de 100 casas ficaram destruídas e as estradas estão muito afetadas". Segundo a agência de notícias Efe, a imprensa local afirma que o número de mortos é maior do que o oficial e pode chegar a 32.   Apesar dos danos causados pelo temporal, uma equipe de 60 especialistas do Serviço Nacional de Busca e Resgate (Basarnas) foi enviada à região, assinalou o jornal The Jakarta Post.   O povoado de Uwe Ruru está entre os mais afetados. Os deslizamentos de terra inutilizaram estradas e pontes e deixaram algumas localidades totalmente isoladas. A região sofre a poda ilegal de árvores, o que desprotege as encostas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.