Vietnam News Agency/AFP
Vietnam News Agency/AFP

Enchentes matam ao menos 37 pessoas no Vietnã

Ao menos 400 milímetros de chuvas já foram registrados desde de domingo; 40 moradores estão desaparecidos

O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2017 | 05h28
Atualizado 12 Outubro 2017 | 13h22

HANÓI - Ao menos 37 pessoas morreram e outras 40 estão desaparecidas após as chuvas fortes que atingiram as regiões central e norte do Vietnã, causando enchentes e deslizamentos. Ao menos 400 milímetros de chuvas já foram registrados desde domingo. A Província de Hoa Binh, ao norte, foi a mais atingida e declarou estado de emergência.

De acordo com a Defesa Civil do país, até agora seis províncias reportaram vítimas. As autoridades ainda têm dificuldade em localizar dezenas de desaparecidos. Centenas de soldados foram mobilizados para os esforços de resgate. 

+ Vietnã, o país comunista onde os multimilionários se multiplicam

Um jornalista da uma agência de notícias vietnamita desapareceu após ser atingido enquanto passava por uma ponte que se rompeu em razão da força das águas, na Província de Yen Bai, região norte do país. As autoridades ainda fazem buscas na região.

Imagens da imprensa estatal mostram pessoas caminhando com água pela cintura e grandes faixas de floresta arrancadas em razão de deslizamentos em diversas regiões. 

"A enchente foi rápida e terrível. A água desceu da montanha e logo chegou a três metros de altura. O trânsito foi bloqueado", disse Phan Ba Dien, morador local, ao site VNExpress. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.