Enchentes matam centenas na Etiópia

Equipes de resgate temem um surto de cólera entre os sobreviventes das enchentes na Etiópia, onde mais de 750 pessoas morreram ou desapareceram, informaram autoridades locais nesta quarta-feira.A polícia anunciou o cancelamento dos esforços de busca pelos corpos no leste da Etiópia, mas prosseguem com as operações de resgate no sul do país. Ao todo, 456 pessoas morreram nos últimos 11 dias por causa de enchentes no sul, no leste e no norte da Etiópia. Além das mortes, as enchentes também destruíram terras de cultivo na empobrecida nação africana.Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 300 pessoas estão desaparecidas no leste do país por causa do transbordamento do Rio Dire Dawa, 500 quilômetros a leste da capital. Além das mortes e da devastação, 30.000 pessoas ficaram desabrigadas, prosseguiram autoridades locais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.