Enchentes matam duas pessoas nas Filipinas

Chuvas de monções torrenciais inundaram áreas no norte das Filipinas, matando pelo menos duas pessoas e deixando dois desaparecidos, além de interromper o trânsito por horas em trechos da capital, Manila. Segundo o Escritório de Meteorologia do país, as chuvas do início do dia foram agravadas por uma depressão tropical que atinge a região.

AE, Agência Estado

21 de julho de 2012 | 14h44

A Defesa Civil informou, em relatório, que o corpo de um homem foi retirado das águas da enchente na província de Laguna, ao sul de Manila, e que uma pessoa se afogou em um lago com águas acima do nível normal no norte da província La Union.

Muitas estradas na região metropolitana da capital ficaram alagadas por horas, provocando problemas de trânsito. O prefeito da cidade de Pasay, Antonio Calixto, relatou que algumas áreas próximas ao aeroporto de Manila estavam inundadas, o que forçou os veículos a usar outras rotas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Filipinasenchentesmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.