Enchentes matam mais de 100 em um mês

Mais de 100 pessoas morreram no último mês na África do Sul por causa das enchentes que atingiram o país. Segundo as autoridades sul-africanas, cerca de 8,4 mil habitantes foram obrigados a deixar suas casas. Cerca de 20 mil pessoas foram afetadas. O governo sul-africano informou ontem que 33 cidades da Província de Kuazulu-Natal, onde ocorreram 88 mortes, foram declaradas áreas de desastre. As regiões da capital, Johannesburgo, e das províncias no norte e no leste da África do Sul vêm enfrentando as piores chuvas dos últimos 20 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.