Enchentes matam pelo menos 11 pessoas no Haiti

Uma tempestade provocou enxurradas e enchentes que mataram pelo menos 11 pessoas no Haiti, informaram hoje autoridades locais. Fortes chuvas começaram a cair sobre Porto Príncipe na noite de ontem, praticamente transformando ruas em rios e arrastando lixo para baixo das colinas da capital haitiana.

AE, Agência Estado

07 de junho de 2011 | 17h59

Motoristas abandonaram seus carros, enquanto mulheres gritavam por socorro e as águas avançavam sobre os abrigos levantados no ano passado para as pessoas flageladas pelo terremoto de janeiro de 2010.

Marie Alta Jean-Baptiste, diretora do Departamento de Proteção Civil do Haiti, disse à rádio Galaxie que pelo menos 11 pessoas morreram afogadas ou então foram soterradas pela lama. Todas as mortes, com exceção de uma, aconteceram na região de Porto Príncipe. O governo haitiano agora teme que a temporada dos furacões, que oficialmente começou na semana passada, possa piorar um surto de cólera que já matou 5 mil pessoas e se arrasta desde o ano passado.

O presidente do Haiti, Michel Martelly, que tomou posse recentemente, gravou uma mensagem exibida na televisão para tentar acalmar a população pouco antes da meia noite, quando a tempestade avançava sobre Porto Príncipe. "Esta mensagem é para dizer que eu estou com vocês", disse Martelly. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
tempoHaitienchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.