Reuters
Reuters

Enchentes nas Filipinas matam mais de 180 pessoas

Tempestade tropical provou alagamentos; governo diz que número de vítimas fatais deve aumentar

BBC Brasil, BBC

17 de dezembro de 2011 | 07h55

Enchentes provocadas por uma tempestade tropical nas Filipinas mataram mais de 180 pessoas .

A tempestadade atingiu a ilha de Mindano, na região sul do país, na sexta-feira à noite, trazendo chuvas torrenciais e ventos com uma velocidade de noventa quilômetros por hora.

A maior parte dos mortos são das cidades de Cagayan de Oro e Iligan. Muitos dos que morreram estavam dentro de suas casas quando elas foram inundadas ou foram soterrados por deslizamentos.

Os corpos de cem pessoas -- em sua maioria crianças -- foram encontrados em Cagayan de Oro. Um deslizamento na região leste de Mindano matou outrs cinco pessoas.

Benito Ramos, chefe da agência nacional filipina de emergência contra desastres naturais, disse que relatos sobre a tragédia continuam sendo atualizados e afirmou que a expectativa é de que o número de mortos vá aumentar.

Há também centenas pessoas que estão desaparecidas e dezenas de milhares que procuraram abrigo em regiões mais altas do país.

As Filipinas são atingidas, em média, por 20 tempestades tropicais anualmente.

Em setembro, o país foi abalado pelos tufões Nesat e Nalgae, que assolaram as Filipinas com uma pequena diferença de dias entre eles, em setembro deste ano. Os tufões deixaram mais de cem mortos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.